Controle Impulsivo em Sistemas Dinâmicos

 

Prof. Annibal Figueiredo

Instituto de Física – UnB

 

Resumo:

 

A idéia e a aplicação de controle impulsivo em sistemas dinâmicos têm sido um tópico de intensas investigações nos últimos 20 anos, e tem recebido a atenção de pesquisadores de diferentes áreas. Entre as diferentes aplicações podemos citar:

 

(a)Controle e sincronização de sistemas acoplados e suas aplicações em comunicações seguras, reações químicas e redes complexas.

 

(b)Controle de pragas em sistemas biológicos e controle de vacinação em epidemias;

 

(c)Sistemas de direcionamento em foguetes e robôs.

 

Um sistema impulsivo consiste em um sistema dinâmico contínuo sujeito a perturbações muito rápidas, cuja duração é muito pequena comparada com o tempo de evolução do sistema, podendo ser tratadas como instantâneas. Tais perturbações instantâneas são chamadas de impulsos. Outra característica importante é que estes impulsos ocorrem descontinuamente, intervindo na dinâmica apenas de tempos em tempos. Este tipo de análise é ideal para tratar sistemas que sofrem alterações bruscas em certos períodos.

 

Por controle impulsivo entendemos uma intervenção externa que altera o estado do sistema através de impulsos. Este controle visa levar o sistema para algum estado desejado. Este tipo de controle pode ser muito interessante em sistemas que não suportam um distúrbio contínuo, além de representar uma economia no número de intervenções necessárias para controlar um certo sistema real.