mtools - UM PACOTE DE FERRAMENTAS MS-DOS

Introdução

mtools é um pacote de ferramentas que emulam comandos MS-DOS em sistemas UNIX e que permitem manipulação de arquivos em disquete. No nosso caso este pacote é útil na lithium e na suns1, que têm um drive para disquetes de 3,5". Os comandos existentes são os seguintes, com os equivalentes em MS-DOS:

(mtools)	(DOS)		Descrição

mattrib		ATTRIB		muda os atributos do arquivo DOS
mcd		CD		muda de diretório
mcopy		COPY		copia arquivos DOS de/para Unix
mdel		DEL		apaga arquivo DOS
mdir		DIR		mostra os arquivos DOS do diretório
mformat		FORMAT		formata disquete
mlabel		LABEL		coloca label em disquete
mmd		MD/MKDIR	cria diretório
mrd		RD		apaga diretório
mread		COPY		copia arquivo DOS para Unix em baixo nível
mren		REN		muda o nome de arquivo DOS
mtype		TYPE		mostra arquivo DOS na tela
mwrite 		COPY		copia arquivo Unix para DOS em baixo nível
Utilização

O drive do disquete, utilizado pelas ferramentas, é o a: . Simplesmente faça de conta que está num microcomputador e use os mesmos comandos do sistema MS-DOS, acrescentando um m antes do comando. Às vezes é imperioso incluir uma parte dos parâmetros entre aspas, para evitar conflito com o Unix. Exemplos:

  1. Copiar todos os arquivos do disquete que terminam em .for, para o winchester (em UNIX):
    	mcopy "a:*.for" .
    
    Observe que o ponto final faz parte da sintaxe do UNIX.

  2. Copiar todos os arquivos do disquete no presente diretório, para o winchester (UNIX)
    	mcopy "*" .
    
    Observe que a sintaxe do "wildcard" aqui é diferente do MS-DOS padrão, que seria *.*

  3. Copiar todos os arquivos do winchester (UNIX) que terminam em .c, para o disquete
    	mcopy *.c a:
    
  4. Listar os arquivos do disquete:
    	mdir
    
    ou
    	mdir a:
    
  5. Mudar para o diretório-raiz do disquete:
    	mcd "a:\"
    
    Note que o uso das aspas é obrigatório aqui.

  6. Mostrar na tela o arquivo tipo texto arq.txt
    	mtype arq.txt
    
  7. Formatar um disquete
    	mformat a:
    
OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

  • Se você desejar trocar o disquete do drive, antes vá para o seu diretório-raiz, caso esteja em um de seus sub-diretórios, com
    	     mcd "a:\"
    Do contrário o novo disquete não será reconhecido.

  • Se o arquivo copiado do UNIX estiver com problema de tabulação (colunas fora de posição), leia-o no editor EDIT do MS-DOS e salve-o. A nova versão estará automaticamente corrigida.

  • O comando para retirar o disquete do drive da suns1 é
    	     eject

  • É comum aparecer ^M no final de cada linha de arquivos ASCII transferidos por mtools (ou ftp, tendo microcomputador como origem) para as estações de trabalho. Geralmente esses controles não afetam o arquivo mas se você deseja eliminá-los, abra o arquivo com vi e dê o seguinte comando:

    	     :%s/control-v control-shift-m//g

    onde

    	     control-v
    significa pressionar v (minúsculo) enquanto pressiona a tecla control e

    	     control-shift-m
    significa pressionar m enquanto pressiona as teclas control e shift. Note que entre as duas barras (//) não há espaço em branco.